domingo, 14 de fevereiro de 2016

Saudades que eu sinto...

Se eu falar que não sinto saudades de antes da maternidade, eu estaria mentindo. Saudade principalmente dos banhos demorados e do sono profundo. Porém, se me perguntarem se eu gostaria de voltar para o passado,  minha resposta é com certeza: NÃO!

Junto com a maternidade vem uma responsabilidade muiiito grande, você passa a viver não para você, e sim pelo seu filho ou filha, no meu caso, pelo Alberto. Tudo que a gente faz, tem um peso enorme nas vidinhas dos pequenos, então tem que ser tudo muito bem pensado.

Então, voltando ao assunto...

Há muitas coisas das quais sinto saudades... Vou citar algumas coisas que tenho certeza de que muitas mães vão concordar comigo.

A saudade que sinto de antes da maternidade não se compara à saudade que sinto de quando ele cabia no meu colinho; não sei se por eu ser pequena ou por ele ser grande, ou talvez os dois. Era gostoso sentir o peso dele sobre meu peito, sentir os batimentos do seu coraçãozinho, ouvir sua respiração e sentir seu abraço. Hoje está um homenzinho, com 5 aninhos, mas, ainda assim, eu arrumo um jeito de dar um colinho, mesmo acabando com minha coluna. (risos)




Sinto saudade também do "monstrinho" que ele fazia, não há monstrinho mais bonitinho!

E uma das maiores saudades que sinto é de amamentar! É uma das coisas mais lindas da maternidade... Seus olhinhos me olhavam com tanta ternura, com tanto amor, como se eu fosse a única pessoa no mundo, e eu sei que naquele momento, eu era; pelo menos a única que importava! Sinto saudades das pegadas nos dedos enquanto mamava, nos cabelos, no nariz, na boca... às vezes até doía, mas mesmo assim sinto saudades. (risos)




Mas, apesar de tanta saudade, é lindo ver seu crescimento e seu desenvolvimento. Sempre estarei ao seu lado aplaudindo suas vitórias, suas conquistas, seus avanços, e apoiando quando tiver dificuldades em qualquer coisa. E peço sempre a Deus que continuemos amigos assim, pra vida toda!


Meu amigo, companheiro de todas as horas!

(Rosimery Areas- Mão do Alberto, de 5 anos)

15 comentários:

  1. Que emoção! !!! Recordei junto com vc das alegrias desse momento. Lindo texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vania. Que bom que lhe trouxe boas memórias.

      Excluir
  2. Fiquei encantada com seu texto. Passou todo seu amor e a emoção de ser mãe. E gostei de você lembrar da saudade de antes também.

    ResponderExcluir
  3. Coisa mais linda! Me emocionei aqui...
    Senti saudade até do que não tive, que foi amamentar :(
    Adorei, Rosemary!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma das melhores recordações que tenho Simone. É lindo! Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  4. Primeiro texto depois da retomada!! Simplesmente perfeito!! Arrasou!!! Lindo!! Bjos

    ResponderExcluir
  5. Também sinto saudades de, basicamente, as mesmas coisas que você, o que só comprova que mãe é bicho bem parecido mesmo, apesar de sermos todas tão diferentes, né? Curioso isso. E apaixonante! Amo fazer parte dessa tribo...

    Parabéns pelo texto e obrigada pela emoção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, muito curioso. Apaixonante é pouco..RS

      Excluir
  6. Eles crescem tão rápido! meu Deus! E as lembrancas se misturam às sauudades.....e dessa forma transbordam em inspiracão essas mães lindas cheias de amor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito gostoso lembrar desses momentos. Momentos esses, tão singelos e únicos que temos com nosso bem mais precioso.

      Excluir
  7. o tempo passa e, muitas vezes, nem conseguimos nos dar conta. Belo texto!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando vamos ver já passou. Ontem mesmo, meu filho estava nascendo, e hoje já está um rapaz com 5 anos e 10 meses. Daqui a pouco já está um homem. As vezes me assusto.

      Excluir
    2. Quando vamos ver já passou. Ontem mesmo, meu filho estava nascendo, e hoje já está um rapaz com 5 anos e 10 meses. Daqui a pouco já está um homem. As vezes me assusto.

      Excluir

O que lhe veio à mente depois de ler este texto?!? Queremos muito saber!!! Comente!!! Obrigada!!!