segunda-feira, 5 de junho de 2017

O mundo que quero deixar para ele

Nossa tema pra lá de difícil, pois o que vivemos hoje é um mundo regado de surpresas diárias.

Eu quero um mundo simples, de pessoas mais companheiras, amorosas e menos violentas.

Mais sei que devo prepará-lo para viver em um mundo competitivo, egoísta e de pessoas que  nem sempre serão prestativas, mais que ele também irá encontrar pessoas boas ao longo de sua jornada.


Claro que toda mãe quer um mundo mágico para nossas crias, aquele mundo onde não haja dor, sofrimentos e etc.

Um mundo de respeito aos limites dele, que as pessoas saibam ver o melhor em meu filho, não só apenas colocar rótulos.



( Elizabeth - mãe do Luis Gustavo )