quarta-feira, 6 de julho de 2016

Cheiro de eternidade!



Sempre pensei que não tinha talento para ser mãe, mas, depois de passar por tão encantadora experiência, penso que se as mulheres sonham com realização, sejam mães!! 

Ser mãe tem o cheiro perfeito do amor sem medida, e o que não se pode medir, não se pode definir, pois não tem como explicar!

Ser mãe tem o cheiro de inspiração, coragem, poesia, surpresa, gratidão... enfim, todos os sentimentos do mundo! Vale incluir as lágrimas, o medo, a insegurança e principalmente os desafios, além do deslumbramento e as descobertas diante de um fato tão divino!!

Tudo na vida de uma  mãe envolve  uma rotina transformada desde o comecinho da maternidade até pensar no tempo em que eles não serão mais tão nossos! 

Sinto que isso está prestes a acontecer e tal fato tem cheiro de solidão, mas eles continuarão a ser meus, pelo menos na minha oração, no vínculo espiritual que juntos construímos com a leitura bíblica, os ensinamentos, os hinos e músicas que cantamos juntos, as lembranças dos banhos de chuva, das bolhas de sabão que estouramos... enfim, em todas as atividades que compartilhamos!! E isso tem cheiro de eternidade!!

"Ter filhos é um convite que a vida nos faz para aprendermos coisas que nunca aprenderíamos de outra maneira". (Alegrias da maternidade) E eu concordo, plenamente!! 

                                                                                               (Maria José - mãe de Mateus e de Elias)

6 comentários:

  1. Duvido que seus filhotes desgrudem de você, então duvido que experimente mesmo o que é solidão... mas acredito piamente no cheiro da eternidade de que você falou...

    Criamos filhos para o mundo... para estarem preparados para voar... e acredito que eles sempre voltarão... movido pelo amor e pela saudade... e isso vale muuuuuuuuuuuuuuuito mais do que aquela mãe que corta a asa, de forma egoísta, e escraviza os filhos... Sei que os seus têm asa! Beijos, amiga. E como ser mãe ensina... taí mais um cheiro: o de aprender, infinitamente... que bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero mesmo não experimentar o cheiro da solidão... que as asas tenham além de idas, voltas pra matar a saudade!!
      Que lindo é aprender, e todas nós, como mães aprendemos cada dia um pouquinho mais!!!
      Agradeço pelo seu confortante recadinho!! Adorei!! Bjos

      Excluir
  2. Essas mães deste blog estão inspiradíssimass!! Clap clap clap clap!
    A cada dia está melhor, textos escritos com emocão e capricho num nível de deixar o leitor encantado e até emudecido.
    Seu texto navegou pelas trilhas da prosa poética também, asssim como das demais meninas. E não parou por aí: encontrou um novo ângulo para desenvolver o tema, da do um toque de originalidade e de sentimento singular. Explorou o lado abstrato dos fatos e mostrou lindamente que eles também têm cheiros. E com razão! Quando falou do cheiro da solidão, eu me vi nas suas palavras, meus filhotes já voaram, embora toda semana eu os veja, mas seus quartos foram preenchidos por outros móveis, ou por uma biblioteca...
    Parabéns pelo texto cheiroso e cheio de sabor da fé que tanto os guiam e os conduzem tranquilamente no melhor caminho: o de Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A nossa cumplicidade com o blog é tão forte, que não tem como não aprender umas com as outras! Cada texto é um novo aprendizado. Uma nova surpresa!!!
      Seu comentário me emocionou pela questão da solidão, quem não experimentou ainda, não tem noção de como será!
      Mas creio que Deus concede a cada uma de nós, força e sabedoria para conviver com todos os cheiros, mesmo quando for um pouquinho de solidão, o que é perfeitamente normal!

      Muito obrigada pelas belas palavras! Me encheu de contentamento!! Amei! Amei!!

      Excluir
  3. Elizabete Sampaio6 de julho de 2016 08:48

    Como sempre seu texto está lindo Maria!A maternidade é linda, e sem dúvida tem cheiro de eternidade.São tantas fases, tantas descobertas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Elizabete, o seu comentário me deixou cada vez mais animada!! É confortante o privilégio que todas nós temos pelo dom da maternidade né!?!
      As descobertas são infinitamente incríveis!!... Adorei!!!!

      Excluir

O que lhe veio à mente depois de ler este texto?!? Queremos muito saber!!! Comente!!! Obrigada!!!