quarta-feira, 20 de julho de 2016

Melhores amigos!?!... Cumplicidade em qualquer fase da vida!


Quando ganhei os meus filhos, morávamos numa chácara. Era um lugar bem sossegado, e, por isso, durante algum tempo, eles não tiveram muitos amigos, brincavam só os dois, ou com os primos, Isaque e Pedro, que são amigos do coração e sempre passaram temporadas com a gente, desde bem pequenos, e isso continua acontecendo até hoje.

O Leo era um dos poucos amigos do Mateus, eram colegas da escola, de vez em quando ele aparecia em casa e eles adoravam brincar juntos. Depois de estudarem na mesma escola por algum tempo, o Leo foi embora para outra cidade, e quando vinha para a Barra, dava uma passadinha em casa para colocarem os assuntos em dia, mas o tempo passou e nunca mais soubemos dele.

Atualmente o Mateus tem um grupinho de amigos e são eles: Welder, Reyllan, Hellen e Gaby, são jovens universitários de outros estados que fazem faculdade aqui na nossa cidade e de vez em quando almoçam aqui em casa, praticamente todos os sábados. Eles dividem a alegria do futebol, algumas vezes o violão e as festinhas de aniversários. É uma turminha até agradável! (risos)

Já rolou até cinema em outra cidade, sem o meu conhecimento. O Mateus pegou o carro e simplesmente foi, só me contou no outro dia, isso porque o pai dele desconfiou do tanto que o carro andou de um dia para o outro, perguntamos e ele disse que ia contar, que só fez isso para eu não ficar preocupada. É um menino bem tranquilo, mas cometeu essa proeza em nome das amizades! Imaginem a cena! Mas não briguei, só falei para não fazer mais isso. (risos).

O Elias tem um histórico de amigos que merece até o troféu "campeão de amizades". A amizade mais sincera foi o Luis, da quarta série. Ele vinha aqui em casa todos os dias, nunca falhava, isso aconteceu durante três anos ou mais. Havia, na época, outros coleguinhas que vinham muito aqui, mas o Luis foi um amigo verdadeiro. O Elias mudou de escola, e ele continuou vindo aqui em casa todos os dias, mas isso também passou, aos pouquinhos ele foi diminuindo as vindas, até que parou, mas eles continuam amigos, quando se encontram conversam muito, mas raramente ele vem aqui em casa.

Os amigos da escola são companheiros de aprendizado, e de aventuras. Há sempre muitas histórias para contar, mas há principalmente aqueles colegas de classe que acabam se tornando os melhores amigos. Foi isso que aconteceu com o Elias e a turminha (Escola Júlio Müller). Jefferson (mora com a gente), Daniel Arruda, Mateus Gomes, Fábio e Bruno. Alguns deles vêm sempre aqui em casa, e até dormem de vez em quando. Sempre programam um cachorro-quente, um refrigerante, assistem a filmes, e vivem planejando alguma coisa para estarem juntos.


As amizades são muito importantes, elas têm um papel fundamental na vida de nossos filhos, já que esses laços tornam a vida mais colorida, mais encantadora. Amizade é saúde, alegria, cumplicidade, companheirismo e isso faz bem em qualquer idade. Ninguém vive sem amigos, por isso a Bíblia nos fala disso, em grande estilo:

"É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas. Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se!" (Eclesiastes 4:9-10)


                                                                                             (Maria José -  mãe de Mateus e Elias)

6 comentários:

  1. Vale tudo em nome de uma boa amizade, até aventuras escondidas! Kkkkkk. Quanta gente envolvida nesse clima gostoso que somente a amizade verdadeira proporciona. Há aquelas que ultrapassam fases (infância, adolescência) e seguem à vida adulta.
    Outra ponto importantíssimo: os amigos dos seus filhos frequentam a sua casa, pelos vistos, ou seja vc sabe com quem eles estão. Nesse mundo doido onde tanta coisa acontece, muitos filhos estão envolvidos com pessoas de má índole e as perspectivas são as piores.
    Vc sempre atenta aos bons ensinamentos e dando a eles uma base sólida com estrutura necessária para futuros adultos bem preparados.
    Uma boa amizade sempre vale a pena, pois somos pequenos sozinhos... Parabéns pelo relato com valores consistentes!

    ResponderExcluir
  2. Sim, eles frequentam a nossa casa, às vezes dou uma olhada e vejo quatro ou cinco jogando vídeo game, ou tomando um "tereré"... não sei se todos conhecem com esse nome kkkk
    Estou tranquila em relação às amizades, graças a Deus!!! Rolou a proeza do Mateus, mas os amigos nem sabiam que ele não me falou nada kkkkkkkk
    Obrigada pelo carinho, pelo comentário agradável!! Amei!!

    ResponderExcluir
  3. Elizabete Sampaio20 de julho de 2016 21:43

    Que delícia de texto,adoro ler seus textos...Que bom saber que nossos filhos têm amigos de verdade para compartilhar bons momentos, e para dividir os ruins também.Lindo o modo como vocês,enquanto família auxiliam nisso, é sempre um desafio nem?

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pelo carinho!!! É sempre uma delicia poder contar esses momentos tão incríveis da vida deles, o tema foi favorável né!?!

    ResponderExcluir
  5. hahaha apareci no blog ♥
    comecei a acompanhar o blog e to gostando, tem muita coisa legal.
    Obrigada dona Maria, por todo o carinho e amor que me acolhe, com certeza uma pessoa inesquecível

    ResponderExcluir
  6. Que legal que voe está gostando do blog, e que bom que veio comentar, se você apareceu no blog é porque com certeza está na lista de melhores amigos, continue acompanhando!! Adorei que comentou!!! Bjos

    ResponderExcluir

O que lhe veio à mente depois de ler este texto?!? Queremos muito saber!!! Comente!!! Obrigada!!!